G-FMDENZC2BX

noticias530 Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro

Cidade

Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro

Publicada em 27/09/2023 às 22:52h - 638 visualizações

por Jornal O Impacto


Compartilhe
Compartilhar a not�cia Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro  Compartilhar a not�cia Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro  Compartilhar a not�cia Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro

Link da Notícia:

Divino - Policiais Militares são denunciados por abuso de autoridade após incidente em Pronto Socorro

POLICIAIS MILITARES SÃO DENUNCIADOS POR ABUSO DE AUTORIDADE APÓS INCIDENTE EM PRONTO SOCORRO

 

Data: 25 de setembro de 2023 

Local: Cidade Divino/MG

 

Jornal O Impacto (Direito de resposta).

 

Um incidente chocante ocorreu no PAM (Pronto Atendimento Médico) de Divino/MG no último sábado, dia 23/09, quando um policial penal, em busca de atendimento médico para um amigo que sofria com sangramentos no ouvido, deparou-se com o local fechado e todos os profissionais de saúde dormindo, inclusive sem atendentes. Diante disso, ele ligou a câmera do celular para gravar o ocorrido, sendo agredido e ameaçado pelo médico plantonista, que o empurrou e derrubou seu celular. O policial penal, agindo para resguardar sua integridade física, sacou sua arma e se identificou como policial.

 

Minutos depois, com a situação sob controle, a guarnição da polícia militar chegou ao PAM e ignorando a identificação como policial penal, imobilizou o servidor, algemou-o e o conduziu na parte traseira da viatura. Somente no batalhão foi permitido que ele apresentasse sua identificação funcional e o registro da arma. Esse caso tem gerado indignação na comunidade e suscita questões sobre a omissão de socorro pela equipe médica, bem como o abuso de autoridade e conduta policial, uma vez que a confusão teve início devido à demora no atendimento médico.

 

É importante ressaltar que o servidor que sofreu o abuso é um policial penal a mais de 18 anos, conhecido e respeitado na cidade, com conduta ilibada no âmbito profissional e social.

 

Os policiais militares envolvidos no incidente criaram um Registro de Eventos de Defesa Social (REDS 2023-044659457-001), que, segundo a denúncia, estava em desconformidade com os fatos. Além disso, o REDS foi acusado de ser tendencioso na escrita, ignorando procedimentos e regulamentações relacionadas ao caso. Mais preocupante ainda é a alegação de que o REDS continha documentos questionáveis de autoria do médico envolvido no fato, imputando ao policial penal um estado de embriaguez. Essas alegações levantam sérias preocupações sobre a integridade do registro e a imparcialidade dos policiais militares envolvidos.

 

Após uma apuração inicial, o policial penal foi liberado da delegacia e teve sua arma devolvida, uma vez que não foram constatadas irregularidades em sua conduta durante o incidente. As autoridades competentes continuam a investigação sobre os fatos, incluindo o comportamento dos policiais militares e do médico de plantão.

 

Esse incidente serve como um lembrete da importância da responsabilidade e do respeito à sociedade, tanto por parte das forças de segurança quanto por parte dos profissionais de saúde. A comunidade aguarda com expectativa os resultados das investigações, que devem lançar luz sobre as circunstâncias desse incidente preocupante.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Captcha
Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso site Jornal O Impacto Nosso Whatsapp (32) 998112765
Visitas: 167875 Usuários Online: 58
Copyright (c) 2024 - Jornal O Impacto
Converse conosco pelo Whatsapp!