G-FMDENZC2BX

noticias582 Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão

Política

Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão

Defesa do ex-presidente exige retratação pública de Lula sobre comentários ligando Bolsonaro a propriedade nos EUA

Publicada em 25/10/2023 às 17:32h - 321 visualizações

por Jornal O Impacto


Compartilhe
Compartilhar a not�cia Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão  Compartilhar a not�cia Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão  Compartilhar a not�cia Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão

Link da Notícia:

Bolsonaro move ação contra Lula no STF por declarações sobre mansão

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) protocolou no Supremo Tribunal Federal uma queixa-crime contra o atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A ação é motivada por declarações feitas por Lula, nas quais ele associou Bolsonaro a uma mansão milionária localizada nos Estados Unidos, que, segundo o petista, pertenceria ao irmão de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro.

De acordo com os advogados de Bolsonaro, a fala de Lula tinha o propósito claro de atacar a honra do ex-presidente. O comentário controverso de Lula ocorreu em maio, durante o lançamento da Lei Paulo Gustavo, em Salvador. Ele afirmou: “Agora mesmo, acabaram de descobrir uma casa, uma casa de US$ 8 milhões do ajudante de ordem do Bolsonaro. Certamente, uma casa de 8 milhões de dólares não é para o ajudante de ordem; certamente, é para o paladino da discórdia; o paladino da ignorância; o paladino do negacionismo”.

Reivindicações de Bolsonaro

A defesa de Bolsonaro solicita ao STF que Lula faça uma retratação pública sobre suas declarações. Eles alegam que a intenção do atual presidente de "denegrir a honra" de Bolsonaro é "evidente". Adicionalmente, a defesa de Bolsonaro assegura que o ex-presidente não possui qualquer ligação com a propriedade mencionada, a qual teria sido adquirida por 1,7 milhão de dólares por uma empresa vinculada a Daniel Cid, irmão do ex-ajudante de ordens.

Em nota, a defesa de Bolsonaro declarou: "Apesar da maliciosa cautela de Lula em não mencionar expressamente o nome do autor [Bolsonaro], muito provavelmente a fim de evitar qualquer responsabilização jurídica, seja ela cível ou criminal, é inegável que a intenção por trás da fala do ora Presidente da República era atingir pessoalmente o QUERELANTE [Bolsonaro] e sua honra, como vem fazendo desde que assumiu seu mandato".

Aguardando posicionamento

Até o momento, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República não emitiu qualquer comunicado sobre o caso.

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário

Captcha
Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso site Jornal O Impacto Nosso Whatsapp (32) 998112765
Visitas: 167770 Usuários Online: 57
Copyright (c) 2024 - Jornal O Impacto
Converse conosco pelo Whatsapp!